Primeira alta em 5 anos: Setor de serviços fecha 2019 comemorando

Setor de informação e comunicação puxou a fila do crescimento acumulando alta de 3,3%.

Em 2019, pela primeira vez em 5 anos, o setor de serviços fechou com crescimento de 1%, como dibulgado pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), com base nos dados da PMS (Pesquisa Mensal de Serviço), nesta quinta-feira (13).

O bom resultado de 2019 interrompeu uma sequência de quatro anos com resultados ruins: 2015 com -3,6%, 2016 com -5,0%, 2017 com -2,8% e 2018 com 0%. O que puxou principalmente o crescimento de 2019, com alta de 3,3%, foi o setor de informação e comunicação.

Quatro das cinco atividades pesquisadas obtiveram taxas positivas. Houve crescimento além do setor de informação e comunicação, também em outros serviços (5,8%), serviços prestados às famílias (2,6%) e serviços profissionais, administrativos e complementares (0,7%).

Só a atividade de transportes, serviços auxiliares aos transportes e correio que obteve queda no ano, que foi de -2,5%. O que influenciou essa queda foi o menor volume de receitas de transportes por rodovias e ferrovias de cargas, de operações em aeroportos e de transporte coletivo de passageiros por rodovias e aéreo.